O cristão pode defender a Ideologia Esquerdista?

Esse assunto é muito delicado, pois atua diretamente nos ânimos daqueles que veementemente defendem suas ideologias, seja de Esquerda ou de Direita. Mas o que é mais surpreendente em tudo isso, é que a maioria nem sabe definir “ideologia de Esquerda e ideologia de Direita”! Como podem defender algo que não sabem exatamente o que é? Será que existe a possibilidade de unir Evangelho com a Esquerda? O que é ideologia? O que é Esquerda e Direita e como surgiu? Estas e outras perguntas serão respondidas.

Pastores defendendo s Esquerda

Nesse processo de “ignorância” muitos cristãos são iludidos com as promessas socialistas de igualdade social e entendem que isso representa a essência do cristianismo. Livros foram escritos com esta defesa. Certa vez ganhei um livro com o seguinte título: “Jesus o maior socialista que já existiu”. [1] Quando o ex presidente Lula estava no palanque da sede do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo, próximo de ser preso pela Polícia Federal, um pastor chamado Ariovaldo Ramos (um dos maiores líderes da Missão Integral) discursou em favor do corrupto Lula![2]

Esses exemplos e tantos outros que poderíamos citar, revelam o quanto a igreja evangélica está vulnerável a pensamentos como estes. Os jovens cristãos entram na Universidade despreparados para enfrentar a doutrinação política partidária que ocorre na maioria das salas de aula destas instituições, principalmente as públicas. A igreja normalmente sob o discurso de não falar de “política” deixa de instruir os adolescentes e jovens, e por esta razão perdem completamente estes, que entram nas fileiras da “ignorância” ideológica.

Mas o que é uma Ideologia?

Antes de falar de Esquerda e Direita, é preciso falar da incompatibilidade entre viver o Evangelho e defender alguma “ideologia”, seja Direita ou Esquerda. É a idolatria de um sistema político que julga ser o ideal para uma nação ou para o mundo, seja de DIREITA OU ESQUERDA. Ambas, DIREITA E ESQUERDA, tem concepções diferentes e valores morais diferentes, mas as duas formas é essencialmente idolatra. Por que? A razão é teológica e encontra-se na Queda do homem, narrado em Gênesis 3. O homem após ser expulso do Jardim no Éden busca a FELICIDADE para si, e essa busca por felicidade é nada mais e nada menos que a busca por REDENÇÃO. O homem busca o caminho da redenção em várias fontes como:

  1. Dinheiro
  2. Poder
  3. Sexo
  4. Vícios
  5. Pornografia
  6. Time de Futebol
  7. E em ideologias políticas

O Estado ou a ideologia começa a ser a esperança de uma nação e não Cristo! A ideologia é uma falsa consciência de justiça e felicidade. Não importa se a ideologia seja: socialista, liberalismo, conservadorismo ou nacionalismo, essencialmente são fundamentos de prática idolatra.[3] No socialismo, a ideologia toma um papel ainda mais forte de idolatria, do que nos outros, o que mostrarei mais adiante. Contudo, os demais também em si mesmos são pontecializadores de idolatria. As ideologias são essencialmente religiosas. Todo o pecado tem sua expressão de pecado básico na idolatria, é sempre colocando algo, uma pessoa em lugar de Deus![4]

Como surgiu os termos ideológicos: Esquerda e Direita?

Conta-se que o uso destes termos é bem antiga e não recente, como muitos pensam. Em 1789 na França, os que defendiam o governo Monárquico sentavam-se à direita do líder da casa e os republicanos, à esquerda. No começo, os da Direita defendiam os direitos do governo do monarca e os da Esquerda defendiam os direitos populares.[5] Mas essa definição ganhou força no período da Guerra Fria (1945-1991), entre EUA e URSS, sendo os EUA a Direita e a União Soviética a Esquerda. Essa Guerra Fria começou logo após o final da Segunda Guerra Mundial (1945), até a extinção da União Soviética.[6] Nesse período, o mundo ficou dividido entre DIREITA E ESQUERDA.

O mundo estava pronto para uma Terceira Guerra Mundial, que seria decidida por meio de bombas atômicas, como a ilustração mostra. Era o Capitalismo contra o Comunismo. Naturalmente com a extinção da URSS em 1991, a Guerra armada foi evitada, mas a guerra cultural continuou e o Socialismo começou a usar outra estratégia de Guerra, a Guerra Cultural. É melhor destruir o sistema de dentro do que atacar de fora. Como um cupim que vai destruindo o móvel por dentro até que desaba, assim o socialismo tem agido desde então, para fazer ruir o ocidente.

 

Mas o que é ser de “esquerda ou direita”?

A Direita pode ser definida como aquela ala política e ideológica que defende os princípios morais e éticos para a família e sociedade construída pelo cristianismo. Defende a liberdade pessoal e econômica, a garantia aos direitos individuais, tendo como limite o respeito a vida, à propriedade e a liberdade dos demais. Já a visão da Esquerda defende a transcendência do Estado ou partido, que age para dominar sobre as esferas da sociedade.[7] Os princípios morais e éticos ligados ao cristianismo devem ser totalmente desconstruídos e juntamente com eles a família. A liberdade de expressão é limitada pelo estado e não pela liberdade do outro.

A esquerda entende que tudo se resume em “economia”. Se a economia for modificada, tudo cai junto, família, igreja e Estado. As diferenças entre ESQUERDA E DIREITA, para o socialista está nos valores culturais. Se esses valores morais e éticos da cultura judaico-cristã forem mudados, todo o resto muda e supostamente a desigualdade é desfeita!

Abaixo coloco as diferenças básicas e essenciais entre DIREITA E ESQUERDA

DIREITA ESQUERDA
·        Ética e Moral com base no cristianismo

·        Liberdade limitada pela liberdade do outro

·        Família como fundamento da sociedade e da cultura

·        Educação, economia, Política e estilo de vida governado pela liberdade de expressão e pautado por princípios morais judaico-cristãos

·        Ética e Moral com base no estado

·        Liberdade limitada pelo estado

·        Família é um obstáculo para a construção de uma nação livre

·        Educação, economia, Política e estilo de vida governado e ditado pelo Estado.

 

As Universidades estão envolvidas por professores que doutrinam nossos jovens a serem socialistas. Uma jovem cristã dando o seu testemunho a Câmara dos Deputados Federais denunciou a pressão e constrangimento sofrido em uma Universidade pública por ser cristã. Ela prova que existe doutrinação socialista e feminista nas escolas e quem se opor a isso, sofre constrangimento moral.[8] Conceitos bíblicos sobre ética e moral são vistos como perigosos para os professores.

A Mídia modela as mentes ignorantes através de distorções do capitalismo, apregoando um idealismo socialista que não existe. Os jovens são massa de manobra nas mãos da grande mídia. Como disse Felipe Fontes:

Você deseja entender o problema da cultura brasileira? Então, não se esqueça: A podridão da carne é só uma consequência da podridão do espírito. Toda essa perspectiva doentia é fruto do afastamento de Deus, da depravação moral e espiritual do homem.” [9]

O que é o Socialismo?

         O socialismo surge como um defensor do oprimido, das classes desfavorecidas, contra o imperialismo capitalista. O socialismo, para os seus defensores, representa a libertação da economia nacional da opressão imperialista, e ao mesmo tempo que se busca eliminar os fundamentos básicos do sistema capitalista: a propriedade privada dos meios de produção visando ao lucro. Desta maneira, uma nova organização social é implantada, chamada “sociedade socialista”. Tendo como fundamento a propriedade coletiva dos meios de produção, o que permite garantir trabalho, educação e assistência médica gratuitas para todos, mediante planificação econômica.[10]

Quem controlará as propriedades ou de quem serão essas propriedades, outrora privadas? Obviamente o estado comunista! Ele vai dominar sobre tudo e todos e determinar o que é justo na distribuição de renda e classes.

Qual a Diferença entre

Socialismo e Comunismo?

 

O socialismo é um sistema filosófico que precede a implantação do comunismo. O socialismo é uma etapa para se chegar ao comunismo, sem ele, não existe a possibilidade de implantação do comunismo e a dominação do estado. O comunismo é a prática do socialismo, que domina o estado e implanta sua forma de enxergar a realidade, o estado é o redentor da sociedade. É uma forma de governar com autoritarismo.[11]

O comunismo seria o estágio mais elevado do socialismo, onde as instituições do Estado seriam substituídas por uma sociedade harmoniosa, sem classes independentes ou privadas. Pode ser classificado da seguinte forma:

  • O monopólio do poder do partido comunista
  • O centralismo democrático, onde o partido tem plenos poderes para tomar qualquer decisão
  • Um domínio completo da economia por parte do Estado
  • Construir um comunismo como objetivo final e legitimador.[12]

O comunismo, segundo Karl Marx, é implantado através da Guerra, da Revolução, como foi feito na URSS, Cuba e Coreia do Norte. O comunismo é um governo totalitário, onde o Estado domina todas as áreas da vida do cidadão. O Estado retira do cidadão praticamente toda a liberdade individual e toda a economia é governada por esse sistema. Como Franklin Ferreira define: “…O Estado ou partido adquire uma dimensão transcendente, agindo para estender seu domínio ideológico sobre todas as esferas da sociedade.”[13]

O Socialismo é Inimigo do Cristianismo!

Agora chegamos no ponto alto da nossa reflexão. Os valores defendidos pelo socialismo, seja nacionalista ou marxista, são completamente diferentes e opostos aos valores do cristianismo. Eles veem no cristianismo um obstáculo para a implantação do comunismo marxista ou socialismo cultural. Vou apresentar alguns dos valores morais e éticos defendidos pelos socialistas no Brasil:

  1. Destruição da Família nos moldes judaico-cristão
  2. Empobrecimento da cultura
  3. Casamento gay
  4. Ideologia de Gênero
  5. Feminismo
  6. Pedofilia – alguns socialistas defendem que a criança deve estimulada por um adulto a se descobrir sexualmente
  7. Liberação da Maconha
  8. Aborto
  9. Domínio dos meios de comunicação
  10. Domínio sob o que você compra
  11. Intolerância contra os que se opõem ao sistema
  12. Ódio ao cristianismo

Todos esses pontos, facilmente você descobre através de pesquisa séria na internet. São declarações repetidas por estes socialistas em parlamento brasileiro, nas mídias e em outros ambientes públicos, sem contar aqueles que são ditos em sala de aula por professores esquerdistas. Creio que a esta altura, qualquer cristão que ama o Evangelho, a Escritura e naturalmente a verdade, não defenderia uma ideologia que odeia tudo que esteja relacionado moralmente a Cristo!

Última razão para um cristão não ser socialista

Somos acostumados a pensar que Hitler era de extrema direita e por isso, quem é de Direita no Brasil é chamado de neonazista. Mas você sabia que Adolf Hitler tentou entrar em um partido de extrema Direita na Alemanha e não foi aceito?[14] Você sabia que este nazista em seu discurso de implantação do seu governo, declarou firmemente que era socialista? Veja o proferido em 01 de maio de 1927:

“Nós somos socialistas, nós somos inimigos do atual sistema econômico capitalista para a exploração dos economicamente fracos, com seus salários injustos, com sua indecorosa avaliação do ser humano de acordo com a riqueza e a propriedade em vez de sua responsabilidade e desempenho, e nós estamos todos determinados a destruir esse sistema sob todas as condições.’[15]

Em outro momento ele diz que entendeu o verdadeiro socialismo:

“…O socialismo,…é a ciência de lidar como bem-estar geral. O comunismo não é o socialismo. O marxismo não é o socialismo. Os marxistas roubaram o termo e confundiram seu significado. Vou tirar o socialismo dos socialistas. O socialismo é uma antiga instituição ariana e alemã… Nosso socialismo é nacional…”[16]

A diferença era que o socialismo dele era nacionalista, e o da União Soviética era global. A luta de Hitler contra o comunismo era puramente por poder, conquista de território, não por discordar de ideologia. Ele se achava um legitimo socialista!

Talvez a esta altura você argumente que encontrou algumas fontes que supostamente provam que Hitler foi de extrema Direita! Certo, mas isso não mudaria nada. Vou falar hipoteticamente que Hitler não era socialista e nem Mussolini, que criou o partido fascista na Itália. O nazismo matou em torno de 6 milhões a 7 milhões de pessoas, talvez um pouco mais. Você sabia que o comunismo matou: 70 milhões de pessoas na China? Que matou mais de 20 milhões na União Soviética? Na soma final, os comunistas no mundo mataram em torno de 110 milhões e continuam matando na Coréia do Norte, na Venezuela e na China![17]

Considerações Finais

O cristão não precisa ser de Direita ou de Esquerda, pois o Evangelho é superior a qualquer ideologia que se propõe a ser adorada e esperança redentora. Como certa vez ouvi uma ilustração que dizia que na época da Guerra Fria, um comunista estava em Londres, Inglaterra, falando as multidões as vantagens do comunismo. Enquanto ele falava, tinha um cristão simples, vendendo alguma coisa por ali. Em certo momento do discurso inflamado do comunista soviético, passava um andarilho maltrapilho. Ele apontou para aquele homem e disse ousadamente para a multidão:

– “Vejam aquele homem velho maltrapilho, o comunismo pode colocar roupas novas naquele homem velho!”

A multidão foi ao delírio! Mas o cristão simples que lá estava levantou a voz e disse:

– “E o cristianismo pode colocar um novo homem naquelas roupas velhas!”

Por Márcio Willian Chaveiro

[1] RAMALHO, Jefferson, Jesus o maior socialista que já existiu, Terceira Via edições e Fonte Editorial, 2017

[2] https://noticias.gospelmais.com.br/ariovaldo-ramos-teologia-missao-integral-defende-lula-96860.html

[3] KOYZIS, David T., Visões & Ilusões Políticas, Vida Nova, 2014, pp. 26-27

[4] KOYZIS, David T., 2014, p. 33

[5] Ibid. p. 42

[6] http://www.sohistoria.com.br/ef2/guerrafria/

[7]FERREIRA, Franklin, Contra a Idolatria do Estado, Vida Nova, 2016,  pp. 125-126

[8]https://youtu.be/4GW9abYxlOA

[9] https://www.facebook.com/filipecfontes

[10]RUBIM…&  OSCAR, Aquino…& Lopes,  História das Sociedades, Livro Técnico, Rio de Janeiro, 1986, p. 214

[11]http://mundoestranho.abril.com.br/historia/qual-a-diferenca-entre-comunismo-e-socialismo-existiu-algum-pais-realmente-comunista/

[12]Foi citado por Franklin Ferreira da seguinte fonte: BROWN, Archie Brown, Ascensão e Queda do Comunismo, Rio de Janeiro, Record, (2011)

[13]FERREIRA, Franklin, 2016,  pp. 91

[14] https://oglobo.globo.com/sociedade/historia/documento-revela-que-hitler-foi-recusado-por-partido-de-extrema-direita-22008264?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar&fbclid=IwAR2z2oCeYu8TBlhz_EuuHfMhw125_RQAuqdQMcGwo4mjes1pN3ILQTWyVQk

[15]FERREIRA, Franklin, Contra a Idolatria do Estado, Vida Nova, 2016,  p. 105

[16]Ibid., pp. 105-106

[17] https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2711

Comentários

  • Ananiasalves
    Responder

    A questao ser de direita e esquerda sao cada qual pior. Mas, por outro lado temos que escolher o que fca o menos distante dos principios cristaos…